Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Em condomínios, as bombas d’água auxiliam na economia de água

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest

Elas são utilizadas para captação de água em poços, cisternas, minas, como também na captação de águas de reuso como as vindas de calhas dos telhados após a chuva, de água de condensados etc.

Os recursos hídricos são um bem precioso para o mundo. Por isso, evitar o desperdício de água e reaproveitar os recursos da natureza são atitudes extremamente necessárias.  Nos meses mais quentes do ano, o consumo de água aumenta e, como tem sido frequentemente noticiado pela imprensa, o nível dos reservatórios diminui. Por outro lado, em tempos de chuva, existe a possibilidade de captá-la para o reuso. Com isso, torna-se cada vez mais necessário o uso de bombas d’agua para captação de água de reuso, provenientes da água da chuva (pluvial), água de condensação (ar-condicionado), etc.

Esta é uma prática que cada vez mais vem sendo largamente utilizada por condomínios, o que traz como resultado, além da economia de água (bem extremamente precioso), uma boa fonte de economia aos condomínios. As bombas também possuem um outro papel muito importante nos condomínios residenciais ou comerciais, que é, a captação de água de poços, cisternas, minas, entre outros.

Infelizmente poucos conseguem entender que o reaproveitamento das águas pluviais, e água de condensados pode ser uma solução inteligente para a escassez de recursos hídricos e ainda gerar uma economia de até 50% do consumo dos prédios. Segundo a Associação Brasileira de Águas Subterrâneas (ABAS), 50% das cidades brasileiras utilizam água de poço artesiano como fonte exclusiva de abastecimento. Em 2014, com a grave crise hídrica registrada no país, só em São Paulo, a procura por sistemas de perfuração de poços teve um aumento de aproximadamente 30%, sendo as indústrias e os condomínios os mais interessados.

O que faz as bombas d’água?

Como o próprio nome diz, as bombas d’água têm a função de bombear os diferentes tipos de água (como suja, limpa, potável, não potável como a pluvial, fluvial, e de poços artesianos, cisternas, e até mesmo águas de reuso, das lavanderias, entre outras) que fazem parte da movimentação hidráulica do prédio.

Elas desenvolvem a transferência ou captação e até mesmo pressurização de água onde poderá ser para consumo, irrigação, saneamento, ou mesmo para a limpeza. A água reaproveitada, que não é adequada para consumo, precisa passar por uma análise de órgãos finalizadores e, caso tenha impureza, passará por um tratamento.

Como economizar água com bombas d’água?

As bombas d’agua são usadas de diferentes maneiras na economia de água, aplicadas em poços artesianos, cisternas, em caixas d’água, piscinas e até mesmo dentro das casas, nas banheiras de hidromassagens. Servem também para poços artesianos, para pressionar a água e fazer com que ela chegue à superfície e sejam armazenadas em um reservatório.  A água dos lençóis freáticos possui uma qualidade física, química e biológica de excelente qualidade, dispensando tratamentos antes do consumo. O uso das bombas na retirada de água destes poços gera muita economia para condomínios e conjuntos residenciais.

Lembrando que há uma diferença entre Bomba Submersível e Bomba Submersa, conforme vimos recentemente aqui no blog.  Para poços, podem ser utilizadas as bombas submersas da Ferrari, que conta com um portfólio rico  neste segmento, como a Bomba Submersa Ferrari 2.5SPFM2/20 – 3/,  que tem baixo custo na hora da operação, devido à alta eficiência do motor em aço inox com proteção térmica contra sobreaquecimento. Já para transferência de água limpa em cisternas, rios, caixa d’água em residências, sítios, indústrias, ou mesmo em pequenas irrigações, além desta linha submersa para poços,  existe a linha de bombas submersa vibratórias, as bombas de superfície como as centrífugas e autoaspirantes e também a linha de bombas submersíveis, como a Bomba Submersível Ferrari BS-32 Premium, que é ideal para drenagem e esgotamento de água suja como garagens subterrâneas, poços de elevadores e porões.

 

As duas bombas são muito importantes em prédios e condomínios, pois cumprem com eficiência seu principal objetivo que é transferir líquidos ou drenar. Porém, são as particularidades e qualidade de cada equipamento que devem ser levadas em consideração de acordo com cada aplicação, para garantir que a irrigação, o abastecimento de água ou o escoamento sejam feitos da maneira mais eficiente possível.

Há diferentes tipos de Bombas D’água Ferrari, que podem se adequar a inúmeras necessidades. Para ficar por dentro das melhores dicas, fique atento às nossas redes no  Facebook, no Instagram e também no LinkedIn.

Até o próximo post!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

Uma resposta

  1. There are some attention-grabbing points in time on this article however I don’t know if I see all of them center to heart. There’s some validity but I’ll take maintain opinion until I look into it further. Good article , thanks and we would like more! Added to FeedBurner as effectively

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se cadastre para receber novidades da Ferrari